ESTADO DE SERGIPE DEVE REGULARIZAR O MEIO AMBIENTE DE TRABALHO DO IML

O Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE) obteve deferimento de tutela antecipada após ajuizamento de Ação Civil Pública contra o Estado de Sergipe. O objetivo da ação é combater as irregularidades no Instituto Médico Legal de Sergipe (IML). Foi constatado que o ambiente de trabalho é insalubre, não há ventilação adequada, a drenagem de fluidos e secreções são feitas por tubulações mal adaptadas, faltam pias para higiene na entrada e saída da sala de exame, entre outros.

Continue Lendo

Imprimir

MPT-SE PARTICIPA DE LANÇAMENTO DE SELO DE ACESSIBILIDADE

O procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE), Emerson Albuquerque Resende, participou na tarde da última sexta-feira, dia 12, do lançamento Selo de Acessibilidade Sergipano (SAS). O selo foi criado pelo Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CEDPcD) e lançado durante solenidade no auditório do Tribunal de Justiça de Sergipe. No mesmo evento também houve a apresentação dos novos integrantes do Conselho.

Continue Lendo

Imprimir

SEMANA DE ESTUDOS JURÍDICOS DA UFS COMEÇA NESTA SEGUNDA-FEIRA

De 15 a 18 de julho, das 15h às 15h30 e das 19h às 20h30, será realizada no auditório da reitoria da Universidade Federal de Sergipe (UFS) a XI Semana de Estudos Jurídicos (Semej). A temática deste ano é a Liberdade Sindical e a Violência Contra Mulher. O objetivo dos organizadores do evento é esclarecer o público sobre a importância da liberdade sindical e discutir acerca da violência contra a mulher em diferentes aspectos.

Continue Lendo

Imprimir

MPT-SE SUSPENDE EXPEDIENTE EM 21 DE JUNHO

O Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE) por meio procurador-chefe em exercício, Ricardo Carneiro, suspende o expediente e o atendimento ao público, nesta sexta-feira, 21, de acordo com a Portaria nº 76.2019, de 11 de junho de 2019. Também não haverá expediente nos dias 20 e 24 de junho em razão dos feriados de Corpus Christi e São João, respectivamente. Para definir as alterações do expediente, o MPT-SE observa o calendário do órgão judiciário trabalhista da localidade.

Imprimir